Muriqui :: Brachytelles hypoxanthus

Brachytelles hypoxanthus
Luiz Cláudio Marigo

O muriqui, ou mono-carvoeiro é um primata de ocorrência restrita à Mata Atlântica, cujas populações se encontram ameaçadas pela destruição e fragmentação do hábitat e também pela atividade de caça. É o maior primata do continente americano e o maior mamífero endêmico ao território brasileiro, sendo que os machos podem atingir até 15kg. O gênero Brachyteles era, até pouco tempo, reconhecido como monoespecífico. Estudos recentes de genética e morfologia revelaram a existência de duas espécies distintas. A espécie que ocorre nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e sul da Bahia é Brachyteles hypoxanthus (Kuhl, 1820), enquanto Brachyteles arachnoides (É. Geoffroy, 1806) ocorre nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e parte do estado do Paraná. O reconhecimento da existência de duas espécies distintas traz como consequência um agravamento do status de conservação do muriqui, estando a espécie da porção norte muito mais ameaçada. Dessa maneira, é prioritário o desenvolvimento de estratégias de conservação específicas para cada uma dessas espécies.

A Fundação Biodiversitas possui e administra a A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Mata do Sossego, especificamente criada para a preservação do Muriqui.